Missão Colômbia deve gerar mais de R$ 35 milhões e empregos na indústria calçadista

03 - 07 - 2024- Franca

Franca Franca

A maior Missão Colômbia realizada pelo Brazilian Footwear, que reuniu 34 marcas brasileiras apoiadas pelo Programa entre os dias 25 e 27 de junho, em Bogotá, deve gerar mais de US$ 6,4 milhões entre negócios realizados e alinhavados no evento.

Em reais – na cotação atual – o resultado ultrapassa os R$ 35 milhões. A iniciativa, promovida pelo programa de apoio à exportação do setor mantido pela Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil), contou com Projeto Comprador interno, que, além de players colombianos, teve, pela primeira vez, a participação de compradores do Equador, Peru e  República Dominicana.

Opinião

Carla Giordani, da área de Negócios da Abicalçados, responsável pela ação, destaca a assertividade das rodadas, todas marcadas por meio do matchmaking, ferramenta que cruza as demandas dos compradores com as ofertas das marcas participantes.

“Nesta edição, devemos ter um total de mais de 350 mil pares comercializados com os players que participaram da ação”, conta.

Segundo ela, mais uma vez, o mercado local abraçou o calçado verde-amarelo. “É um mercado potencial para o Brasil. Atualmente, somos o segundo maior fornecedor de calçados para a Colômbia, atrás apenas da China. Existe espaço para ampliar o nosso market share, principalmente devido às nossas similaridades culturais e à proximidade geográfica. Para que isso ocorra, no entanto, é preciso que cada vez mais as empresas participem de ações como esta, que além de gerar negócios expressivos, consolida o nosso posicionamento naquele mercado”, acrescenta Carla.

Divulgação

Durante a iniciativa, além do showroom, as empresas brasileiras participaram do Photocall, um evento de imagem e relacionamento com a imprensa local que tradicionalmente potencializa a divulgação do calçado brasileiro em alguns dos principais veículos de comunicação da Colômbia.

“O Photocall é uma ação consolidada na Colômbia, que atrai muitos jornalistas locais. Neste ano, a novidade foi um formato que permitiu a gravação de vídeos que serão utilizados nos canais do Brazilian Footwear”, conta a coordenadora de Comunicação da Abicalçados, Alice Rodrigues. O encontro, que contabilizou a participação de 36 meios de comunicação locais, contou, ainda, com a presença do presidente-executivo da Abicalçados, Haroldo Ferreira, que falou sobre a indústria calçadista brasileira.

Mercado local 
Produzindo 54 milhões de pares de calçados por ano, o mercado colombiano é dependente das importações de calçados e tem no Brasil o seu segundo maior fornecedor internacional, atrás apenas da China. Conforme dados elaborados pela Abicalçados, a Colômbia tem um consumo interno de mais de 90 milhões de pares, o que demonstra a importância das importações para o seu abastecimento. Em 2023, foram gastos com calçados US$ 848 milhões, número que, mesmo 3% menor do que o registro de 2022, está 21% à frente dos registros da pré-pandemia, em 2019.

Participantes

Participaram da Missão Comercial as marcas 365 Soft, Actvitta, Adrun, Arezzo, Beira Rio, BR Sport, By Cool, Coca-cola, Diversão, Giulia Domna, Gricci, Itweens, Jotape, Kids & Baby, Luiza Barcelos, Modare Ultraconforto, Moleca, Molekinha, Molekinho, Nesk, Novopé, Pampili, Pé com Pé, Petite Jolie, PG4 Galleria, Polo Go, Scatamacchia, Schutz, Smidt Shoes, Solis Brasil, Tropical Brasil, Vitzi, Vizzano e Wiki.


Fonte - Jornal da Franca
Fonte de imagem - Jornal da Franca