Procuradoria da Mulher de Franca mantém rotina de atendimento à distância

23 - 04 - 2020- Franca

Franca Franca

De modo a evitar a propagação do novo coronavírus, a Câmara Municipal de Franca adotou algumas medidas.

Entre elas, está a de vetar o acesso de munícipes ao prédio da Casa de Leis (veja mais aqui: https://franca.sp.leg.br/noticias/2020/03/camara-restringe-acesso-a-sessoes-para-combater-coronavirus).

Contudo, ela continua funcionando, e um dos seus setores que está pronto para atender a população é a Procuradoria Especial da Mulher.

A Procuradoria tem como objetivos principais receber, examinar e encaminhar aos órgãos competentes denúncias de violências e discriminação contra a mulher; promover a participação efetiva das vereadoras para a promoção da igualdade de gênero no município de Franca; e propor, acompanhar e fiscalizar a execução de programas dos governos municipal, estadual e federal e outras iniciativas da parceria público-privada.

A procuradora da Mulher da Câmara, a vereadora Cristina Vitorino (Republicanos), informou aos francanos que podem contatar o órgão de várias formas: pelo WhastApp (número 16 99321-2646), pelo Instagram (@procuradoriadamulherfranca) e pelo Facebook (Procuradoria da Mulher Franca).

“Os casos de violência contra a mulher tem aumentado devido a esse confinamento (veja mais aqui: https://franca.sp.leg.br/noticias/2020/04/vereadores-na-tribuna-22042020). Então, nos colocamos à disposição da população. A Procuradoria é um braço da mulher, se você não está conseguindo fazer denúncias ou enfrentando alguma dificuldade nesse sentido. Vamos dar todo o suporte, orientação e acolhimento para as mulheres que nos procurarem”, explicou Cristina, acrescentando que marcará um horário específico para atender aquelas que precisarem de atendimento presencial.

“Não se sintam sós e não sofram em silêncio. Sabemos o quanto tem mulher sofrendo, às vezes caladinha, no canto dela. Muitas pessoas acham que isso [violência] é natural, mas não é. Você tem voz, e será acolhida por nós”, declarou Cristina.

(Comunicação Institucional Câmara)


Fonte - Jornal da Franca
Fonte de imagem - Jornal da Franca