Depois de 3 anos, Patrocínio Paulista se torna município de interesse turístico - 24/04/2018

24 - 04 - 2018- Patrocinio Paulista

Patrocinio Paulista Patrocinio Paulista Deputada Márcia Lia é coautora da lei que concede o título que fomenta o turismo pelo repasse de recursos

Depois de uma espera de três anos, a cidade de Patrocínio Paulista recebeu este mês o título de município de interesse turístico, concedido pela Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. A deputada Márcia Lia assina o projeto de lei junto com outros parlamentares.

“A expectativa pelo MIT em Patrocínio Paulista era grande, mas finalmente o título foi votado e aprovado. Fico muito feliz em contribuir para atender a uma vontade e necessidade do município. Parabéns para Patrocínio Paulista!”, fala a deputada Márcia Lia.

A aprovação do projeto de lei 1.148/2017 garante à cidade a certificação de Município de Interesse Turístico e com ela o repasse anual de recurso no valor de R$ 650 mil, segundo determinação da Lei Complementar número 1.261, de 2105. A verba deve ser destinada à realização de eventos e projetos nas áreas do turismo natural, cultural, de aventura, histórico ou gastronômico; para estruturar o sistema de transporte de forma eficiente, o serviço médico de emergência, rede de restaurantes e de hospedagem.

Como suporte à estrutura indireta do turismo da cidade, a Prefeitura poderá recorrer a uma emenda da Lei Orçamentária deste ano apresentada pela deputada Márcia Lia no valor de R$ 500 mil para obras de infraestrutura urbana. A emenda foi subvencionada e consta no orçamento do Estado de São Paulo, aguardando liberação do Governo Estadual.

Patrocínio Paulista tem uma vocação para turismo rural e turismo natural, com nascentes em área urbanizada e grande quantidade de cachoeiras na área rural. Entre os pontos de destaque estão o Rio Esmeril, o Morro das Araras, o Córrego dos Bois, as Cachoeiras do Mosquito, do Guido, do Esmeril, da Pedra Preta e do Dominguinhos. Tem ainda a Fazenda Santa Cecília, com uma reserva de 100 hectares de Mata Atlântica.

No caminho das descobertas dos diamantes nos ribeirões de Minas Gerais, a cidade se desenvolveu a partir do plantio de café e da pecuária. Anualmente, há 60 anos, realiza a exposição chamada Torneio Leiteiro, que incentiva a produção leiteira na cidade e região e traz ainda desfile de tropas e cavalgadas.

Na área cultural, a cidade ainda tem manifestações de Folia de Reis, com um grupo fundado em 1989, e de congada, de 1995.

“Tenho certeza que a cidade vai ampliar o setor e se fortalecer rapidamente com esse aporte do MIT”, finaliza Márcia Lia.
Fonte - Jornal da Franca
Fonte de imagem - Google