Prefeitura orienta escolas e entidades de cursos livre sobre a Covid-19

13 - 01 - 2021- Franca

Franca Franca

Uma reunião realizada na tarde desta segunda-feira, 11, no auditório do CEFAP (Centro de Formação e Aperfeiçoamento Profissional), envolvendo escolas de educação complementar, como idiomas, artes, informática, dança, gastronomia, atividades esportivas, dentre outras, teve o objetivo de orientar sobre os protocolos sanitários, que devem ser cumpridos para que essas empresas possam desenvolver as suas atividades, oferecendo um ensino e treinamentos, com qualidade e segurança para os seus alunos e funcionários.

Participaram do encontro, o vice-prefeito, Éverton de Paula, os secretários de Saúde e Educação, Lucas Souza e Márcia Gatti, respectivamente, Homero Rosa Jr, médico da Vigilância Epidemiólogica e os servidores Fernanda Pini e Cléber Benedito, da Vigilância Sanitária.

O prefeito Alexandre Ferreira fez a abertura da reunião, destacando a importância do comprometimento e a participação de todas as pessoas neste momento tão delicado, visando a redução da transmissão da doença, queda no número de novos casos e consequentemente, a diminuição da demanda por hospitais. "Precisamos da união de todos nesta causa para garantir que a cidade permaneça economicamente ativa, sem passar pela fase vermelha", destacou o prefeito. 

Ferreira comentou que as instituições regulares, sejam de ensino, industrial, comercial ou de serviços estão cumprindo o seu papel, mas lamentou o fato de bares, casas de eventos e festas clandestinas, que não estão cumprindo os protocolos sanitários, favorecendo o aumento de casos da doença. 

O prefeito declarou que os estabelecimentos e pessoas que descumprirem as medidas e as normas de saúde serão fiscalizados e poderão sofrer multas e sanções pelo descumprimento. "Nós precisamos da ajuda de todos contra a Covid. A intenção é reunir todos os segmentos da sociedade, de modo que tenhamos segurança para desenvolver as nossas ações", disse o chefe do Executivo.

Dentre as principais medidas recomendadas pelas autoridades de saúde aos participantes do encontro estão a utilização obrigatória de máscaras e álcool em gel, distanciamento de dois metros entre as pessoas, com demarcação no piso, organização dos horários de entrada e saída, bem como dos intervalos, evitando aglomeração, ambientes arejados e ventilados, a higienização dos prédios e salas de aula, além do monitoramento constante dos alunos e fucionários, com aferição de temperatura a cada novo acesso aos locais, dentre outros.

 


Fonte - Prefeitura de Franca
Fonte de imagem - Prefeitura de Franca