Projeto da USP Ribeirão Preto vai reunir histórias da quarentena em livro virtual

07 - 10 - 2020- Ribeirão Preto

Ribeirão Preto Ribeirão Preto

Para contar as histórias de isolamento, trabalho e superação durante a pandemia do novo coronavírus, aunos da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (EERP) da USP desenvolveram o projeto Quarentextos, que pretende reunir poemas, contos, crônicas e cantigas produzidas por alunos, funcionários e professores da USP local e que retratam histórias desses últimos seis meses. 

A ideia do projeto, que será transformado em e-book, foi do psicólogo e professor Fábio Scorsolini-Comin, tutor da Liga Acadêmica de Acolhimento Estudantil (LAAE) da EERP. O professor conta que o projeto foi inicialmente pensado apenas para a comunidade da EERP, mas como foram procurados por estudantes de outras unidades do campus resolveram ampliar o escopo e incluir toda a comunidade da USP Ribeirão Preto. 

“A ideia do projeto surgiu da necessidade de falarmos um pouco mais da escrita literária na Universidade, sobretudo em um campus com predomínio de cursos da área de ciências biológicas e da saúde.”

Para o professor, este é um momento de incerteza e vulnerabilidades, portanto ideal para “recuperar um pouco a tradição da escrita, não apenas como espaço de descrição de uma dada realidade, mas também de possibilidade de depuração dessa realidade, de compreensão das experiências, de acolhimento”.

O Quarentextos aparece como um marcador temporal do período de pandemia. “O projeto pode ajudar as pessoas na travessia deste momento, tomando por base a possibilidade da escrita como ferramenta de compreensão de si e do mundo.”

Original

Para tornar a iniciativa única, os textos devem ser originais, inéditos e apresentar um tema de sua escolha. Porém, adverte-se que não pode conter linguagem imprópria ou conteúdo inadequado. A composição deve ter no máximo uma página, formato A4.

Os textos podem ser enviados até o dia 23 de outubro. Para se inscrever, acesse aqui.


Fonte - Revide
Fonte de imagem - Revide