HOME
» Guia Virtual
» A Cidade
» Anúncios
» Apoio
» Central de Fotos
» Conselhos Municipais
» Contato
» CROWD
» Eventos
» Guia Internet
» Mapa Digital
» Noticias Comerciais
» Notícias da Região
» Notícias Educativas
» Quem Somos
» Telefones Úteis

FRANCA
» Artistas de Franca
» Escritores de Franca
» Esportes de Franca
» Fotos de Franca
» Franca Shopping 2011
» Museu Histórico de Franca
» Museu Virtual de Franca
» Músicos de Franca
» ONGs
» Secretarias de Franca
» Senac Franca Moda e Estilo

DIVERSÃO
» Cinemas
» Horóscopo
» Piadas
» Receita da Semana

ÚTEIS
» Agricultura
» Dólar
» Fuso Horário
» Horário de Circulares
» Horário de Viações
» Loterias
» Tempo
 

Câncer de mama hereditário representa menos de 10% dos casos - 02/10/2018


O câncer de mama é o tipo de câncer mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil. Ele não tem uma causa única. São vários fatores que podem aumentar o risco de desenvolver a doença, como fatores endócrinos/história reprodutiva, fatores comportamentais/ambientais e fatores genéticos/hereditários.

Mulheres mais velhas, sobretudo a partir dos 50 anos, são mais propensas a desenvolver a doença, mas isso tem mudado. Houve um aumento na incidência de câncer de mama em mulheres jovens na última década. Em mulheres com menos de 35 anos, a incidência no Brasil hoje está entre 4% e 5% dos casos. 

Sintomas

A principal manifestação da doença é o nódulo (caroço), fixo e geralmente indolor. Ele está presente em cerca de 90% dos casos quando o câncer é percebido pela própria mulher. Pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja também é sintoma, assim como alterações no mamilo. Fique atenta também se aparecer algum nódulo na axila ou no pescoço e a qualquer saída de líquido anormal das mamas. Vale lembrar que grande parte dos casos são assintomáticos.

As mulheres devem procurar imediatamente um serviço para avaliação diagnóstica ao identificarem alterações persistentes nas mamas.

Autoexame

O autoexame deve ser praticado mensalmente entre o 7º e o 10º dia contados a partir do 1º dia da menstruação. As mulheres que não menstruarem devem escolher um dia do mês.

- Mama - Para examinar a mama esquerda, coloque a mão esquerda atrás da cabeça e apalpe com a mão direita. Para examinar a mama direita, coloque a mão direita atrás da cabeça e apalpe com a mão esquerda.

- Mamilo - pressione os mamilos suavemente. Verifique se há alguma secreção.

- Axilas - após examinar as mamas, apalpe toda a área debaixo dos braços.

Hereditariedade

O câncer de mama de origem hereditária representa de 5% a 10% dos casos da doença no país. A explicação é uma mutação nos genes. “Acontece na célula germinativa e é passada de geração em geração. Então um filho de um portador com a mutação tem a chance de herdar 50%”, explica a mastologista Cláudia Studart.

Cada paciente representa uma família inteira em risco. A partir daí essas famílias têm que ter um acompanhamento médico e um aconselhamento genético. 

Diagnóstico

O diagnóstico precoce é fundamental no tratamento contra qualquer tipo de câncer. A realização anual da mamografia para mulheres a partir de 40 anos é importante para que o câncer seja diagnosticado precocemente.

Autoexame: o autoexame é muito importante para que a mulher conheça bem o seu corpo e perceba com facilidade qualquer alteração nas mamas e assim procure rapidamente um médico. Vale lembrar que o autoexame não substitui exames como mamografia, ultrassom, ressonância magnética e biopsia, que podem definir o tipo de câncer e a localização dele. 

Prevenção

A prevenção do câncer de mama não é totalmente possível em função da multiplicidade de fatores relacionados ao surgimento da doença e ao fato de vários deles não serem modificáveis.

De modo geral, a prevenção baseia-se no controle dos fatores de risco e no estímulo aos fatores protetores. Alimentação, controle do peso e atividade física podem reduzir em até 28% o risco de a mulher desenvolver o câncer de mama. Também deve-se evitar o consumo de álcool e tabaco. 

Tratamento

O câncer de mama tem pelo menos quatro tipos mais comuns e alguns outros mais raros. Por isso, o tratamento não deve ser padrão. Cada tipo de tumor tem um tratamento específico, prescrito pelo médico oncologista.


Fonte notícia: Prefeitura de Franca

Fonte imagem: Prefeitura de Franca
 
 
» CEU será palco de show com músicas de viola e violão - 06/12/2018
» Cursinho Popular, inscrições terminam sexta-feira - 06/12/2018
» Veículos com placa final 0 devem ser licenciados até final do mês de dezembro - 05/12/2018
» Premiação aos alunos vencedores da Olímpiada de Astronomia - 05/12/2018
» Caravana da Coca-Cola leva magia do Natal para Franca e região - 04/12/2018
» Degustação Literária traz em pauta o autor Millôr Fernandes - 04/12/2018
» Comércio inicia horário especial a partir de hoje em Franca - 03/12/2018
» Bazar Dona Nina realiza bazar da pechincha no dia oito para buscar recursos - 03/12/2018
» Saúde da Mulher neste sábado no Leporace - 30/11/2018
» Biblioteca promove Exposição de Natal - 30/11/2018
» Projeto Guri tem mais mil vagas para Franca e região - 29/11/2018
» Campanha de combate ao Aedes - 29/11/2018
» Bolsa Cultura tem 16 projetos aprovados - 28/11/2018
» Festival de habilidades aquáticas das escolinhas - 28/11/2018
» Saúde prepara Campanha Fique Sabendo - 27/11/2018

Home | Quem Somos | Contato | Welcome Foreign Visitors

#19090522# - Francasite.com© Copyright 2018

Desenvolvimento Gnove WebStudio 2018