Empresários pedem ajuda da Câmara Municipal durante sessão

27 - 01 - 2021- Franca

Franca Franca

Dois empresários usaram a Tribuna Livre da Câmara Municipal nesta terça-feira (26), para solicitar apoio dos parlamentares em diferentes assuntos. O primeiro a discursar foi o conselheiro do Sindifranca, Giuliano Spineli Gera, que apresentou um estudo que traça um panorama do cenário calçadista mundial, brasileiro e francano.

Segundo o levantamento, o setor de calçados em Franca está padecendo de descentralização de poder, já que grandes empresas estão dando lugar a células menores, indefinição de políticas setoriais e sucateamento técnico e econômico. Com o declínio da indústria, a cidade perdeu 7.440 postos de trabalho entre 2008 e 2018.

O estudo indica que melhorias poderão vir com a sofisticação do ramo, além de mais qualificação, financiamento competitivo e simplificação tributária. “Fico feliz com a possibilidade de criação de uma frente parlamentar para defender o setor calçadista. A solução é unir forças”, finalizou Giuliano.

Em seguida, foi a vez da proprietária de uma loja de cosméticos, Ana Carolina Trajano, que falou em nome dos comerciantes francanos. Ana Carolina pediu auxílio do Poder Legislativo para evitar que diversos negócios locais quebrem. Franca está atualmente enquadrada na Fase Vermelha do Plano São Paulo, na qual atividades comerciais não essenciais são proibidas.

“Na minha empresa já houve demissões por causa do fechamento. Os comerciantes seguem todos os protocolos de segurança, com máscaras e disponibilizando álcool em gel. Nós pagamos impostos, mas não conseguimos trabalhar”, afirmou. Ela pediu apoio aos vereadores para que viabilizem formas de manter o comércio francano funcionando, evitando, assim, demissões e negócios fechando definitivamente.


Fonte - Verdade On
Fonte de imagem - Verdade On